O coloproctologista é um cirurgião especializado em tratamentos cirúrgicos e não cirúrgicos de doenças do intestino delgado, intestino grosso, reto e ânus. Ele tem formação avançada em problemas do intestino, além de ter tido treinamento na especialidade da cirurgia geral. A Coloproctologia é a especialidade exercida pelo coloproctologista. É a parte da gastroenterologia direcionada aos estudos das doenças do intestino grosso e delgado, do reto e ânus. Antes conhecida como Proctologia, a especialidade médica passou a ser melhor referida pelo termo Coloproctologia por incluir também o estudo e abordagem terapêutica das doenças do intestino grosso e Delgado.

Atribui-se a John Arderne (1307 – 1392) a autoria da primeira publicação sobre a Proctologia. Sr. Arderne era um cirurgião inglês sendo considerado, por alguns, o pai da Proctologia. Sua publicação mais famosa foi um tratado sobre tratamento de fístula anal. Tratam das doenças benignas e malignas. Realizam exame físico no períneo conhecido como toque retal. Realizam também anuscopia e retossigmoidoscopia, ultrassonografia e endoscopia digestiva baixa, a colonoscopia. Esses são os exames que podem definir se o tratamento será clinico ou cirúrgico.

O coloproctologista é o médico mais indicado para fazer as orientações sobre constipação intestinal, distúrbios na evacuação, prevenção do câncer de intestino e prevenção contra as doenças sexualmente transmissíveis assim como oferecer as melhores indicações de prevenção e tratamentos nos assuntos referidos.

Muitos pacientes ficam em dúvidas, diante de tantas especialidades médicas, qual especialista que eles devem procurar quando tem sintomas anais e intestinais. Duas áreas que geram muitas dúvidas são a coloproctologia com a urologia praticada por especialistas urologistas.

O urologista trata das doenças relacionadas aos rins, ureteres, bexiga, e das doenças que acometem o aparelho genital masculino formado pelos testículos, vesículas seminais, canal deferente, prostata e pênis.

O coloproctologista faz o exame de toque retal para examinar o reto e o urologista utiliza esse exame para diagnosticar doenças da próstata. Esse exame é o principal motivo de confusão. Por isso alguns pacientes com hemorroida procuram o urologista e alguns pacientes com doenças da próstata procuram o coloproctologista.

FONTE: Portal da Coloproctologia | SBCP

Quando apresentar sintomas considerados de alerta, tais como:

  • Dor abdominal constante
  • Alteração do hábito intestinal
  • Dor anal intensa
  • Sangramento anal
  • História familiar de câncer colorretal

O Coloproctologista é um médico cirurgião, recebe treinamento especializado avançado para realização de cirurgias do cólon, reto e ânus, além de ser especialista na realização de endoscopias do intestino grosso e região retal (colonoscopia e retossigmoidoscopia). Alguns recebem treinamento para a realização de exames especiais de fisiologia anorretal, tais como: manometria anorretal, eletromiografia, latência do nervo pudendo, defecografia e ultrassonografia anorretal.

O coloproctologista trata doenças como: hemorroidas, fissuras anais, abcessos perianais, fístulas perianais, lesões pós-cirúrgicas do ânus, doenças sexualmente transmissíveis, prolapso retal, constipação, incontinência anal, tumores benignos e malignos do intestine grosso, do intestino delgado e do reto, doença diverticular do intestino, doenças intestinais inflamatórias específicas e não específicas, tais como retocolite ulcerativa inespecífica e Doença de Crohn e doença pilonidal. Veja a lista:

 

  • Pólipos colorretais
  • Câncer do reto
  • Câncer do cólon
  • Câncer do ânus e canal anal
  • Câncer colorretal hereditário
  • Doença de Crohn
  • Retocolite ulcerativa
  • Colites indeterminadas
  • Colites infecciosas
  • Colites isquêmicas
  • Retite por irradiação
  • Doença hemorroidária
  • Trombose hemorroidária
  • Estenose anal
  • Fístulas anorretais
  • Abscessos anorretais
  • Fístulas retovaginais
  • Fissura anal
  • Cisto pilonidal
  • Prurido anal
  • Doenças sexualmente transmitidas
  • Hidradenite supurativa
  • Doença diverticular
  • Diverticulite
  • Constipação intestinal
  • Diarreia crônica
  • Síndrome intestino irritável
  • Prolapso retal
  • Procidência retal
  • Incontinência fecal
  • Megacólon chagásico
  • Hemorragia digestiva baixa
  • Obstrução intestinal
  • Endometriose intestinal

A Cirurgia do Aparelho Digestivo consiste no tratamento das doenças que incluem todos os órgãos que participam do processo de digestão dos alimentos, a saber: esôfago, estômago, fígado, pâncreas, baço, vesícula biliar, intestino delgado, intestino grosso, reto e ânus.

Gastroplastia, também chamada de Cirurgia Bariátrica, Cirurgia da Obesidade ou ainda de Cirurgia de redução do estomago, é, literalmente, a plástica do estômago (gastro = estômago, plastia = plástica) que tem como o objetivo reduzir o peso de pessoas com o IMC muito elevado. É uma cirurgia realizada em pessoas com o peso muito acima do ideal, os chamados obesos mórbidos.

​A cirurgia oncológica é uma das ferramentas mais importantes no tratamento do câncer. Trata-se da retirada do tumor, obedecendo a todos os princípios oncológicos que envolvem: a sabedoria sobre a doença e seu desenvolvimento, a retirada do tumor com os cuidados necessários para não deixar que a doença se espalhe durante o ato cirúrgico, a retirada de todos os locais para onde a doença possa ter se espalhado – incluindo linfonodos e, em alguns casos, outros órgãos.

​O procedimento pode ter finalidade curativa, principalmente quando há detecção precoce do câncer, ou finalidade paliativa, quando a intenção é aliviar sintomas decorrentes da presença do tumor (compressões de nervos e vasos sanguíneos, dor, obstrução do trânsito intestinal etc).

A cirurgia oncológica também é utilizada para o estadiamento da doença. Ou seja, em alguns casos, a extensão da doença só é possível de ser certificada durante o ato cirúrgico.

Ainda com dúvidas? Entre em contato e fale conosco.

Você pode falar conosco através dos nossos contatos ou do formulário de contato.

Contato
(71) 3272-0111
(71) 3272-6119
(71) 3106-6572
(71) 99732-8322 (Whatsapp)

E-mail
coopercolo@gmail.com

Seja um cooperado
A cooperativa do seu jeito

Para ingressar na Coopercolo, o médico cirurgião deve ter titulação nas especialidades de Coloproctologia, Cirurgião Geral, Cirurgião do Aparelho Digestivo, Cirurgião Oncológico, Cirurgião Ginecológico ou Endoscopista.

Saiba mais